Textos


NO CERCADINHO COM O PRESIDENTE


Hoje cedo eu vi uma live de um fã de Bolsonaro, que acordou quase de madrugada, chegando ao Palácio da Alvorada antes das 6 e meia da manhã, para fazer sua ficha de visitante, a fim de ver o presidente naquele cercadinho que ele sai do carro todo dia e recebe essas pessoas.

Primeiro os participantes são encaminhados para uma área coberta e aberta nos gramados do palácio, com muitos bancos de madeira, desses parecidos com os de jardim, um balcão para recepção e vários armários numerados e com chave.

Um a um, vão chegando ao balcão com documento de identificação, fazem a sua ficha e são disponibilizadas as chaves do armário individual, onde se tem que deixar todos os pertences, incluindo as chaves de carro, ficando de posse exclusivamente do celular.

Outro momento de espera; chega a vez de passar por um portal detector de metais, que acusa inclusive fivelas de cinto e se for o caso, fazem passar uma segunda vez, sem o referido.

Depois volta-se à área dos bancos, até que a passagem para o interior dos jardins seja franqueada.
Aí caminham uma pequena distância ao "cercadinho", coberto por uma tenda e aguardam o momento do presidente chegar...

Ele desce do carro amistosamente, conversa de forma breve com um e outro (no máximo 40 visitantes).

Hoje em especial, além de atender com simpatia as pessoas, falou sobre aquela questão do TCU, que houve engano da sua parte e que de fato ele próprio teria errado, pedindo desculpas.

Este ritual acontece de segunda a sexta feira, caso o presidente esteja com a agenda livre.

Eu achei interessante o empenho das pessoas em querer estar ali e resolvi dizer a vocês, o que eu não sabia até agorinha.

 
Ene Ribeiro
Enviado por Ene Ribeiro em 08/06/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários